Família

CONVERSA EM FAMÍLIA

 

PAIS E FILHOS EM BUSCA DO DIÁLOGO


De um lado se escuta: ” Não adianta querer falar com meu filho. Ele é teimoso e apesar de  ter tudo, nunca está satisfeito”. Do outro lado: ” Meus pais nunca me escutam e quando me escutam não me entendem. Sempre estão com a razão em tudo”.

Quem já se deparou com uma situação como esta em sua casa ou na de um vizinho próximo? Se não na sua casa, mas do vizinho estiver acontecendo, pare e pense um pouco nos motivos pelos quais isso pode estar acontecendo. Será que estes pais e os seus filhos têm tentado conversar? Será que sabem do que se trata?

Mas afinal, o que é dialogar? É só uma conversa entre duas pessoas? É comunicação? Discussão? É impor sua opinião? Convencer ou discutir?

Na maioria das vezes o termo “dialogar” é mal compreendido pelas pessoas e isso gera conflitos. Há quem diga que dialogar é só falar. Muitos pais pensam que estão dialogando com seus filhos, quando na verdade estão simplesmente falando. É comum escutarmos: ” Eu falo com meus filhos e não adianta nada”! Dialogar é também escutar.

Quando surge a diferença entre pais e filhos, qualquer possibilidade de entendimento fica comprometida. A discussão e a “briga” é o desfecho de uma relação que não deu certo, e a crença na incompreensão entre pais e filhos se confirma. Pais e filhos pensam que o ideal é fazer com que o outro aceite tudo sem argumentar, uma vez que é mais comodo assumir o papel de incompreendido e reclamar que “em casa não há diálogo”.

“Lá em casa nós nunca discutimos”!  É importante lembrar que a discussão também faz parte de qualquer relacionamento devido as diferenças que se apresentam.

Pais e filhos em constante diálogo promovem o lugar onde acontece a socialização e educação das novas gerações, pois além da transmissão da vida, possibilita a passagem de valores e critérios de conduta, sentimento de pertencer, respeito, diálogo em um contexto afetivo.

 

 

******************************************************



Contato - Focco
Telefones: (41) 3082-0994, (41) 8416-4419, (41) 9969-6332
Curitiba - PR


INTERESSES